Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > COMPÓS lança novo livro
Início do conteúdo da página
Últimas Notícias

COMPÓS lança novo livro

  • Publicado: Terça, 08 Setembro 2020 15:11
  • Última Atualização: Quinta, 24 Setembro 2020 17:19

A Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós) apresenta o livro Midiatização, (In)tolerância e Reconhecimento, recém-publicado por meio de parceria entre a Compós e a Editora da Universidade Federal da Bahia (EDUFBA). Organizado pelas pesquisadoras Bárbara Heller (Unip), Danila Cal (UFPA) e Ana Paula da Rosa (Unisinos), o livro tem como proposta valorizar a alteridade como postura ética e política, estimular a reflexão sobre a possibilidade de conversão de experiências de desrespeito em força motriz por reconhecimento ao mesmo tempo em que evidencia as dissonâncias, os contraditórios e, especificamente, como a comunicação lida com tais questões em uma sociedade marcada pela midiatização.

“Hoje, a intolerância é um fato global, que atinge a tudo e a todos na realidade, alimentado pela velocidade das redes. Compreender esse fenômeno que em muitos casos faz regredir as conquistas civilizatórias dos últimos séculos é atualmente uma das mais importantes tarefas da humanidade. Diante desse quadro, a Compós se sente orgulhosa em oferecer à sociedade o livro Midiatização, (In)tolerância e Reconhecimento, trazendo os resultados das pesquisas brasileiras da área de comunicação que abordam esse problema urgente, o qual precisamos compreender e encarar”, declara Maurício Ribeiro da Silva, presidente da Compós.

A publicação faz parte de uma política da Compós de editar livros por meio de chamada pública para participação em coletâneas, previamente aprovadas pelo conselho da Associação. No total, foram recebidos 35 artigos, avaliados com a participação de 15 pareceristas de diferentes instituições. Cada texto recebeu, pelo menos, dois pareceres. Em alguns casos de divergência na avaliação, foi necessário recorrer a um terceiro parecerista. Ao final desse processo, foram aprovados para publicação 16 artigos.

“A Comissão Organizadora recebe com muita alegria o livro, fruto de dois anos de trabalho junto à Diretoria da Compós e aos pesquisadores da área. Ao final desse período, fomos surpreendidos com a pandemia do novo coronavírus, com os perigos decorrentes e com as limitações que a quarentena nos impôs”, avalia Bárbara Heller. Nesse cenário, as desigualdades sociais ficaram ainda mais evidentes e graves. “Os capítulos do livro, embora não tratem da saúde pública, ajudam a explicar as injustiças cometidas por grupos sociais hegemônicos, frequentemente atravessados pelas mídias, em tempo recorde, contra os menos favorecidos”, complementa.

São 16 capítulos, desenvolvidos por 43 pesquisadores de 13 universidades brasileiras, organizados em cinco eixos temáticos. O livro inicia-se com o eixo Midiatização, Discursos de Ódio e Feminicídio, com artigos em torno da ideia central de que a midiatização da sociedade pode favorecer a circulação de discursos de ódio e de intolerância. O segundo eixo, Reconhecimento, Intolerância e Moralidades, focaliza a dimensão moral das demandas por reconhecimento e das possibilidades e tensões ligadas aos processos identitários e aos embates por reconhecimento em contextos conservadores. Já o terceiro eixo, Migrações, Alteridade e Cultura reflete sobre as situações de refúgio, sobre vítimas da intolerância religiosa, política ou econômica em seus países de origem. No quarto eixo, Corpos, Sexualidades e Performances no Audiovisual, os capítulos problematizam como os corpos não normativos são representados no audiovisual brasileiro e como têm saído da invisibilidade. O quinto e último eixo, Disputas de Sentidos Imagéticos, Censura e Consumo, tematiza a importância de não se negar a prática da censura durante o governo militar, as multiplicidades de sentidos quando nos deparamos com as imagens e como elas participam da indústria do consumo.

O livro está disponível para download no site da Compós e no Repositório Institucional da UFBA: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32180

Sobre as organizadoras:
Barbara Heller, doutora em Teoria Literária, é docente e vice-coordenadora do PPG em Comunicação da Universidade Paulista (UNIP).
Danila Cal, doutora em Comunicação e Sociabilidade Contemporânea, é professora da Faculdade de Comunicação e do PPG em Comunicação, Cultura e Amazônia da Universidade Federal do Pará (UFPA).
Ana Paula da Rosa, doutora em Ciências da Comunicação, atua como docente e coordenadora no PPG em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS).

registrado em:
Fim do conteúdo da página